LAGUNA.

NÃO VERÁS LUGAR COMO ESTE.
AMA DE VERDADE
A TERRA EM QUE NASCESTE

domingo, 12 de junho de 2011

DIA DOS NAMORADOS - UMA HOMENAGEM A TODOS QUE AINDA TENTAM CONQUISTAR O AMOR

por Márcio José Rodrigues (texto e fotos)

Dia dos namorados no Brasil, The Valentine's Day nos Estados Unidos e parte da Europa, celebra o encontro, a união e o amor.
Na verdade três são os São Valentim, e de épocas diferentes, mas a lenda que interessa a essa celebração, data do séc. IV da era cristã.e recai sobre um "certo" São Valentim. Este teria sido um bispo que casava os jovens, mesmo desobedecendo ordens do imperador romano e por isso foi martirizado num dia 14 de fevereiro. Mas, é bom salientar que esses fatos não têm comprovação histórica.
No Brasil o "Dia dos Namorados" iniciou em São Paulo por manobra de comerciantes, no intuito de aumentar a venda de presentes e a data ficou marcada em 12 de junho, véspera de Santo Antônio, padroeiro dos namorados na tradição católica.

Namorados são aqueles casais de jovens de qualquer idade, que se lançam à uma experiência de relacionamento, com pretensões a um projeto a longo prazo, um investimento de vida com olhares no futuro a dois.

Não tem nada de semelhante ao "ficar", que não passa de uma exploração mútua entre pessoas, da companhia passageira e da sexualidade, do curtir a balada para passar o tempo ou satisfazer um instinto carnal ou simplesmente varrer o tédio e a solidão. Nesse caso, o parceiro(a) não tem qualquer tipo de compromisso com o destino do outro e geralmente a mulher só leva desvantagem, ficando marcada dentro do grupo social a que pertence. Expõe-se a riscos, doenças, violência, e quando passa a ressaca, parte para outro caso.

Namorados têm um sentimento mais profundo de respeito mútuo, de preservação da pessoa do outro, numa parceria que envolve o bem querer, a conquista, o sonho, sem contudo excluir a paixão. Bem sucedido, traz grandes momentos de felicidade e é um bom caminho para chegar lá. Mas, o namoro não conduz necessariamente ao sucesso da relação, posto que seja uma experiência empírica de vida a dois, como um aprendizado em conhecer melhor o oposto, uma adaptação que pode dar certo ou não. Mas é sempre sincera e bem intencionada. Tradicionalmente, leva a ao noivado e ao casamento e até ultrapassa estes patamares e pode durar uma vida inteira sem depender de idade.
Esse "Dia dos Namorados" é o que estamos festejando.
Antônio de Pádua e Jadna, namorando durante a festa de Santo Antônio dos Anjosda Laguna, mesmo depois de avós.