sábado, 14 de abril de 2012

TAÍS SILVEIRA - O LAMENTO DE UMA CIDADE MAIS TRISTE.

TAÍS SILVEIRA - foto de seu perfil no Facebook.

Estamos de Luto.
Na tardinha desta sexta-feira,  13 de abril, por volta de 18,45 h, um acidente com uma pequena motoneta Bizz roubou a vida preciosa de uma linda jovem de apenas 17 anos, estudante, trabalhadora, uma promessa.


Taís e sua irmã trafegavam pela Avenida João Pinho na Praia do Mar Grosso, Laguna, quando tiveram a frente cortada por um automóvel que tentava acessar uma transversal.


O impacto foi frontal.
As duas meninas arremessadas no asfalto, sofreram fraturas e outros traumatismos.


Taís, infelizmente, veio a falecer em seguida no Hospital Senhor Bom Jesus dos Passos, enquanto  Dayane está internada e inspira cuidados.


Enquanto esta inocente vítima ascende à eternidade, sua lembrança passa a brilhar como uma chama votiva, ecoar como grito de lamento por outras passadas e futuras vítimas desta esquina fatídica. 
Um grito, sim, de pedido de socorro às autoridades para que tomem providências racionais e urgentes afim de evitar esses acidentes desnecessários, dolorosos, absurdos.


Nosso profundo sentimento de união à dor da família Silveira.




Texto e postagem Márcio José Rodrigues

22 comentários:

blog da Paraguassu disse...

Olá Márcio,
É lamentável o que vem acontecendo no trânsito de nossas cidades. Dia após dia, são mortes que engrossam uma estatística horrenda e melancólica.
Meus profundos sentimentos de dor e de união em preces à Taís e à sua família.
Que sua alma já esteja junto a Deus, serena e
equilibrada.
Um grande e fraternal abraço, amigo,
Maria Paraguassu,

João Carlos Horn Araujo disse...

Mais uma vida perdida, fruto da imprudência. Culpar exclusivamente o motorista do veículo que tentava acessar a transversal? Sim tem sua parcela de culpa mas... este não foi o único acidente neste ponto da AV. João Pinho. Cadê a Engenharia de Trânsito do Município, os tão falados "semáforos" que foram pleiteados para as esquinas da Av. Prefeito Guimarães Cabral com a Rua Pedro Rosa, acesso a Balsa, local comum de acidentes, esquina da Av. João Pinho com Av. São Joaquim, entrada para os Molhes da Barra, em frente a Farmácia Flávia, travessia de pedestres na Praça Suza França, a "Pracinha" sem nenhuma sinalização, já morei e assisti vários acidentes por conta desse "descaso"? Vamos aguardar quem sabe às vésperas das eleiçoes se concretizem essas necessidades... Enquanto isso vidas importantes vão se perdendo...

Márcio Rodrigues disse...

"Querido irmão,
Em meio à dor, a solidariedade fraterna e cristã tem o seu lugar no cumprimento da vontade do Senhor. Meus sentidos e solidários cumprimentos à enlutada família e meu abraço de gratidão a ti por esse gesto virtuoso, tão especialmente teu: solidarizar-se e consolar os que sofrem. Praticando nossa fé oremos por todos: por Taís, por Dayane,seus pais, familiares e amigos."
Do Jota, com carinho

Anônimo disse...

oi márcio,aqui é uma amiga da familia ,e gostaria de corrigir um pequeno erro ,o nome da irmão da TAÍS é FRANCIELLE E NÃO DAYANE , obrigada por divulgar o ocorrido

Márcio Rodrigues disse...

Laguna: quem conhece,não esquece... Saudade!!!!!

Muito triste esse acidente.Nossa solidariedade à família.
Abraços, Neusa

Márcio Rodrigues disse...

Muito obrigado pela informação. era o nome que corria nas mensagens divulgadas na net; Já corrigi a postagem e peço que como amiga da família apresente em nosso nome nossas condolências. Nossos sentimentos estão expressos neste blog.
Márcio

Anônimo disse...

Por isso que não curto motos...muito mais fácil sofrer um acidente fatal com elas.

Márcio Rodrigues disse...

Eu assisti a angústia do condutor do automóvel. Também acho que deve estar sofrendo muito. O trânsito em Laguna é que deve ser domesticado.

Anna Karolina disse...

Taís você vai ficar para odo sempre em nossos corações, quele seu jeito meigo e sorridente de menina de ser vai ficar marcado em nossas lembranças...
Que Deus abençoe e ampare sua família um momento tão difícil desses.

Anônimo disse...

o nome dela é Daiane sim, eu conheço elas!

SIDNEI SILVA disse...

É triste, mas é uma realidade de nossos dias. Precisamos, precisamos não sei do que... mais sei que precisamos... não dá pra descrever um tristeza como essa. Peço que incluam em suas orações a familia dessas jovens, pois só Deus tem condições de entender e amenizar o sofrimento deste momento. Que Deus conforte a todos!

silas rp disse...

um acidente por falta de cuidado foi isso , por falta de segurança no transito e uma fatalidade aconteçe e agora a pessoa da solta cade a justiça ... pobre familia q vai ficar com essa dor pela vida enteira q deus ilumine ela onde estiver e de forças para essa familia....

Rogério Mota disse...

Quero deixar aqui registrado os meus sinceros sentimentos à família da menina Taís.

E ao Dr Marcio meus parabéns por postar em seu blog sobre o ocorrido, pois quando precisamos de informações sobre qualquer que seja o assunto, é na internet que procuramos em primeira mão, sendo que nenhum veículo de comunicação quer seja, da cidade de Laguna ou de fora mesmo, teve a capacidade de divulgar dados sobre o acidente, talvez nem pudessem, "quem sabe o autor do atropelamento não queira que os fatos verdadeiros venham à tona", é, porque pouco se sabe sobre as circunstâncias do acidente, especula-se que o condutor do veículo envolvido não seja uma pessoa e sim outra.
Mais como vivemos sobre a impunidade, temos que engolir o fato de um cidadão atropelar e ceifar precocemente a vida de uma jovem e ainda deixar outra em estado grave em um hospital.
Simples em? Paga fiança e sai como se nada tivesse acontecido. Por que será que até o momento não se tem em nenhum jornal da região notícias sobre o acidente, com nomes de vítimas e do autor? Será que foi noticiado pelo ao menos nas rádios da cidade?
Em fim por imprudência de uns pagamos com a perda de outros.
Peço desculpas ao Dr Marcio por ocupar um amplo espaço em seu blog, mais tenho que desabafar, e mais, não vou ficar no anonimato não, sobre meu comentário cairá a minha identidade, mesmo que me critiquem.

Silezia disse...

È isso ai cade nossas vidas estão se indo uma a uma quando vamos ter sossego nesta nesta cidade quando não são as morte são os buraco nas tuas que não são poucos e agora estão fazendo mais nem pra ir na padaria de carro da mais na nossa rua tivemos que acbar se não saiamos mais de casa brigado por me ouvir.

Kobashigawa disse...

Prezado Dr.MÁRCIO RODRIGUES
Em algumas décadas atrás e pela cronologia, os filhos enterravam seus pais,mas atualmente tem sido ao contrário, pais enterram seus filhos. Jesus, que tristeza para esta família, perder uma linda jovem de apenas 17 anos que acabara de começar sua vida, seja estudantil ou profissional.Máquinas são objetos estúpidos que apenas recebem comandos e obedecem. Mas no comando desta máquina está um ser pensante, que pode sim, ser diligente e não negligente.As leis também existem, mas na minha ótica só servem para encher livros e mais nada. Quer dizer então,que aquele ou aquela que perde sua vida ainda é culpado(a) pela sua morte? Independente da situação financeira, cor, raça, religião, posição, partido político, etc... se cometeu um delito ou uma infração gravíssima este(a) tem que pagar na forma da lei e ser punido(a). Será que esta jovem fará parte de uma estatística imbecil que só eleva números? Cada pessoa que ler esta minha mensagem se coloque no lugar destes pais, pergunto, e se fosse a sua filha, como você iria agir? Simplesmente tá tudo muito bom e não se fala mais nisso ou você esgotaria suas possibilidades diante da justiça para procurar seus direitos? Motoristas; muito cuidado com estas máquinas, respeitem as faixas de pedestres, dê a preferência, usem os cintos, não falem no celular diante do carro em movimento, não abusem da velocidade,etc. Seja um motorista diligente e não negligente.
Peço a DEUS e ao Sr. JESUS CRISTO que aliviem o sofrimento desta família, por uma perda tão precoce e tão estúpida desta linda jovem. Minhas condolências.

Att, ALEX KOBASHIGAWA - ENGENHEIRO E PROFESSOR

Anônimo disse...

conheso o condutor do acidente ele nao deve esta nada bem apesar de ele ser o culpado ele esta muito doente; ele e uma pessoa muito boa isso foi uma fatalidade apesar de tudo que a justiça seja feita. meus pesames

Márcio Rodrigues disse...

Ele não provocaria um acidente de propósito. Naquela hora tive pena dele. Estava angustiado.

Márcio Rodrigues disse...

Não creio que ele tenha feito qualquer coisa de má fé. Acredito mais na fatalidade e numa avenida extremamente perigosa.

Сєιіиh0™ disse...

Como não tem culpa ? Ele não tinha nem CNH,como uma pessoa dessa não vai ter culpa ? se não tem licença para dirigir,não dirija,não importa se não foi de propósito,estragou com uma família,e com todos nós amigos,a angústia de tal impunidade uma pessoa que fez tal delito ta nas ruas pronto para fazer o mesmo,sem ter que pagar que país é esse que a vida de uma pessoa vale apenas uma fiança ? Não da para pensar nisso,quando a pessoa não é tão próxima não pensa nas leis brasileiras,não tá nem ai,mais quando vem a ocorrer com os nossos íntimos vem a pensar isso,não podemos deixar que perdemos uma vida pra pensar nisso,temos que pensar agora.Desculpe se não concorda comigo,mais é oque nós pensamos.

Rogério Mota disse...

Concordo plenamente.
Se não tem CNH, anda de bicicleta, a pé, ou de carona.
Quem sabe não assumiu a culpa de outro, até o momento não se tem provas concretas sobre o condutor? Tem?
Expecula-se a hipótese de que o condutor seja outro individuo.
Vai se saber se não é isso mesmo?

Adriana disse...

Márcio, também não acredito que ele tenho feito de propósito, mas a avenida não seria perigosa se as pessoas respeitassem as leis de trânsito. Se a coisa é como se comenta, ele não tem carteira, portanto não poderia estar dirigindo. Ele assumiu o risco quando entrou no carro e pegou o volante. Ele tem que pagar pelo que fez. Além do mais ele cortou a frente das meninas. Ele estava na contramão. Não prestou atenção no que estava fazendo. Remorso é uma coisa triste, mas vc perder uma filha nesta idade e com toda a vida pela frente não tem justificativa. Ele foi inconsequente, e como tal tem que responder pelos seus atos criminalmente. Na minha opinião ele cometeu um homicídio. Temos que começar a responder por nossos atos, assumir e pagar por nossas atitudes, ou a sociedade vai continuar este caos que temos hoje. Naquela avenida tem uma escola infantil, e já cansei de ver as pessoas não respeitarem nem a faixa de pedestres quando as crianças saem da escola em frente à padaria Felipe. Só que estes carros não andam sozinhos, tem sempre alguém por trás do volante.Os carros passam voando por ali, sem contar os vários casos de acidente em frente ao mercado Tieli do molhes. Precisamos que as autoridades tomem providências, colocando semáforo nos locais mais perigosos da cidade. A meu ver, ninguém está livre de cometer um acidente, mas as irregularidades que este motorista cometeu foram tantas, que chamar de fatalidade seria no mínimo irresponsável e ridículo. Tenho duas filhas com mesma idade destas meninas, e uma de minhas filhas conhecia a Taís. Então tudo que eu peço é que façamos uma oração por estes pais, para que consigam continuar sua vida, o que acho praticamente impossível, pelo menos pensando no quanto a irmã dela vai precisar deles agora. Penso que a paz desta família só será refeita, quando este irresponsável fôr punido, pois ninguém pode tirar um filho de uma mãe, e sair impune deste jeito. Peço desculpas se fui muito enfática no comentário, mas não consigo imaginar o dia de hoje destes pais......Meus profundos sentimentos para eles. Estarão em minhas orações sempre. Força e fé e só o que pode ajudá-los.

Anônimo disse...

Sou da familia e Pelo Amor de Deus...uma pessoa mata alguém, deixa outra em cuidados no hospital,e ele ñ tem culpa??Eu quero ver se algm sem CNH,sem documentação do carro em dia,sem ter parado ond devia, acabar com a vida de algm da familia de cada um de vcs se irão ainda continuar dizndo q ELE não tem culpa e está sofrendo... Será q vcs não estão pensando no sofrimento da irmã dela, da mãe e nós familiares... É muito fácil passar a mão na cabeça qndo a situação não acontece com vcs não é msm... Ele errou, e não é pagando uma fiança e sendo liberado que ele vai aprender, ou será que a vida da minha anjinha vale R$ 300,00??Pois foi isso que ele pagou...E pra quem ainda está com pena dele, pergunta o que um senhor do carro fz ao sair do carro, brigou com as meninas,ali jogadas no chão, dizndo q a culpa era delas, é realmente nunca fz aula de direção para não saber de quem era a "mão" e quem estava errado não é msm...
É MUITO FÁCIL APOIAR QUEM NÃO MERECE QUANDO A HISTÓRIA NÃO PREJUDICA VCS...

O que devemos fazer é orar, pela mãe,pela irmã..e que a justiça seja feita, que esse inresponsável seja punido,e que dinheiro nenhum tire ele de la...