LAGUNA.

NÃO VERÁS LUGAR COMO ESTE.
AMA DE VERDADE
A TERRA EM QUE NASCESTE

terça-feira, 18 de outubro de 2011

O BASTÃO DE ESCULÁPIO

Figuras representam acima (e) Monumento referente ao cajado de Moisés, (d) Esculápio e O Cristo da Igreja do Bom Fim.
DIA DO MÉDICO
por Márcio José Rodrigues


Homero talvez seja o primeiro a mencionar a figura de Esculápio no poema "Ilíada", como o médico real ou mitológico há 1200 a.C.  Filho de Apolo e de uma mortal, teve sua mãe assassinada pelo próprio deus, que no entanto o salvou por meio de uma "cesariana" e o entregou ao centauro Kíron, com quem aprendeu a arte de curar. Transformado em deus pela mitologia grega, Esculápio é representado com o "caduceu", um bastão onde se encontra uma cobra enrolada, símbolo da medicina em todo o mundo.

No entanto, imagem mais antiga, temos a figura bíblica de Moisés, que confeccionou no deserto uma serpente de bronze, também enrolada em um cajado, que tinha o poder de cura contra as picadas das víboras, para todos os que para ela olhassem.


Como as figuras bíblicas sempre são proféticas e dirigidas a Jesus Cristo, podemos deduzir a imagem da cruz, como símbolo de salvação para todos, sem distinção. O médico Jesus foi além da cura dos males ligados à vida, pois oferece a ressurreição, a vitória final sobre a morte.


Neste dia, quero homenagear a todos os médicos pela sua missão de curar as doenças, salvar vidas e mitigar a dor e o sofrimento.
Sinto um profundo orgulho por meus alunos que se tornaram médicos e lhes acompanho a trajetória com imensa vaidade. 
Também aos médicos que em particular, em algum momento já entreguei minha saúde e a das pessoas da minha família, e com muito carinho a cardiologista Dra. Ana Cláudia, que aparece aqui nomeada, por ser minha filha.


Admiro profundamente e reverencio a todos os que exercem este mister quase divino, posto que, todo grande médico, merecedor deste título, traz consigo a sabedoria, com humildade e caridade,  o amor enfim.


Por ser mortal, passível dos males da própria inimiga que combate, o médico é um ser humano com as mesmas fragilidades de seus doentes, sofre das mesmas dores e no entanto, defende seu paciente, às vezes, além de suas próprias forças.
Exposto permanentemente a um meio insalubre, tenso e de alto risco para sua própria segurança, o bom médico é um herói.
A data da comemoração se deve à devoção a São Lucas, médico, pintor e escritor do Século I da era cristã.


COMO O PROFESSOR, O MÉDICO PRECISA SER OLHADO COM MAIS CUIDADO POR NOSSOS GOVERNANTES, QUE LHES ESTÃO DEVENDO MELHORES CONDIÇÕES DE TRABALHO E RECONHECIMENTO.