LAGUNA.

NÃO VERÁS LUGAR COMO ESTE.
AMA DE VERDADE
A TERRA EM QUE NASCESTE

sábado, 15 de outubro de 2011

ÉTICA E MORAL: O QUE O BRASIL ROUBOU DA EDUCAÇÃO

DONA QUENA (LOURIVAL MATTOS RODRIGUES),  PROFESSORA E DIRETORA DO "GRUPO ESCOLAR COMENDADOR ROCHA"  -  PARADIGMA PARA O MAGISTÉRIO -  Laguna, Brasil.

          Estranhamente, ao escrever este texto para o “Dia do Professor”, meu pensamento volta-se para Cazuza, que cantava nos palcos, aulas de cidadania que  esquecemos de ministrar aos nossos alunos.
“Brasil, mostra a tua cara”. 

          Professores de um livro só, agarrados ao compêndio adotado em sua sala de aula, repassando o conteúdo do autor, sem nenhuma contestação e fazendo os alunos decorarem nomes e datas sem abordagem crítica, como acontece com o Descobrimento do Brasil, A Libertação dos Escravos, a Independência e a Guerra do Paraguai,  o renascimento do fascismo e das doutrinas neonazistas.
O Brasil roubou  do currículo escolar o ensino da filosofia, da religião e consequentemente da moral e da ética, excluindo a oportunidade de cidadania.

É imperioso educar para
A VERDADE
A JUSTIÇA
A LIBERDADE
Este é o tripé onde se apóia uma educação ética e proficiente.

          Estes conceitos básicos implicam na formação de professores altamente qualificados, responsáveis e valorizados em sua dignidade pessoal e profissional.  
Professor tem de ser sábio, como pré-requisito, preparado, honesto  e de moral ilibada.
O não saber em um professor é roubo de vida do aluno e a morte da chance de futuro.
O conhecimento é um bem que dá ao educando a oportunidade de aproximação com a verdade e do seu próprio lugar na sociedade, tanto como agente participante da história, como o reconhecimento de sua relação com seus pares, evidenciando  direitos e deveres, espaços e limitações.
O exemplo de vida do professor arrasta o aluno como uma folha ao vento e deixa marcas permanentes em sua vida.

          Ética na educação, eis a questão.

          Se não souber onde buscar, olhe o Decálogo Mosaico, OS DEZ MANDAMENTOS, o maior e mais atual código de ética que jamais existiu.

NÃO MATARÁS 
respeitarás a vida e a natureza, nem ferirás, não venderás drogas ilícitas, não agredirás, não humilharás, nem prejudicarás por qualquer meio, roubo, fraude, licitações, a saúde individual ou pública;

NÃO FURTARÁS
não colarás, não roubarás, não falsificarás documentos, nem te apossarás de bens a ti confiados, particulares ou públicos – não sonegarás conhecimento;

NÃO COBIÇARÁS AS COISAS ALHEIAS
lapiseiras, jaquetas, casas, terrenos, dinheiro público, propriedades, direitos e bens e salários;

NÃO PECARÁS CONTRA A CASTIDADE
respeitarás a pessoa em seu todo, seu corpo, reputação, auto-estima, saúde, as leis da natureza e assumirás a responsabilidade dos teus atos;

HONRARÁS TEU PAI E TUA MÃE
tua cidade, tua pátria, teus avós, os mais velhos, teus professores, as autoridades constituídas com dignidade;

NÃO LEVANTARÁS FALSO TESTEMUNHO
não mentirás, não caluniarás, nem difamarás os inocentes;

NÃO DESEJARÁS A MULHER DO PRÓXIMO
nem o marido de tua amiga, não desagregarás nenhuma família, nem a  estabilidade emocional de crianças inocentes.

Quem seguir estes preceitos estará amando a Deus sobre todas as coisas e ao seu próximo como a si mesmo.

A TODOS OS PROFESSORES DIGNOS DESSE NOME, MINHAS HOMENAGENS.
O FUTURO, A PÁTRIA, A SOCIEDADE  CONTAM COM VOCÊS.