LAGUNA.

NÃO VERÁS LUGAR COMO ESTE.
AMA DE VERDADE
A TERRA EM QUE NASCESTE

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

É GENTE HUMILDE, QUE VONTADE DE CHORAR (Chico Buarque de Hollanda)

Posted by Picasa
Remoção do telhado e madeiramento comprometidos.
Texto e postagem Márcio José Rodrigues

A gente tem se acostumado a ver obras públicas tocadas às pressas e de qualquer maneira, asfaltos que não resistem a um ano de trânsito e calçamentos que se afundam na primeira semana, além de delírios de projetistas a inventarem desnecessidades ridículas no trânsito, para infernizar a vida de motoristas e pedestres. E os valores sempre exorbitantes e assustadores, que se administrados por um cidadão cordato e equilibrado teriam um desfecho mais satisfatório em praticidade e sucesso.
Vejamos! A avenida lajotada á beira mar no centro da cidade a dois palmos da lagoa, consegue empoçar a água nos dias de chuva, fazendo com que os motoristas descuidados e ou sem educação deem banhos exatamente nos mais humildes nos pontos de ônibus.

Porém,,,
Aplausos a quem merece e honra também seja feita.
Tenho acompanhado dia a dia a restauração do casarão à Rua Voluntário Firmiano, esse que já abrigou o velho Ginásio Lagunense, A Câmara de Vereadores e mais recentemente a
Biblioteca Pública Romeu Ulysséa.
 O elogio aqui vai para os operários que têm ali trabalhado com paciência,esmero e sobretudo com uma competência extraordinária.
Nem sei o nome deles, mas, da minha janela observo a construção daquele telhado.
O assentamento perfeito dos caibros e ripas e, depois, o resultado do trabalho que já dá  mostras da beleza que será. As telhas são, uma a uma, amarradas ao madeiramento por meio de fios de cobre de modo a fixá-las sem argamassa de cimento, tornando a peça mais leve e à prova de ventanias.
Queira Deus. que após estes artistas carpinteiros, venham pedreiros, eletricistas, restauradores, pintores com as mesmas qualidades.
Minha homenagem a esses homens simples e honestos, com os quias vale a pena aplicar o dinheiro público.

Vejam pelas fotos, o alinhamento dessas telhas,

Observação: este telhado já havia sido reformado, demaneira que, acho, suas telhas não eram mais as antigas, as originais. Em Laguna em um ano elas já estarão pintadas de antigo pelo vento nordeste, a umidade e os fungos. O tempo devolve a História.

Madeiramento novo e colocação das primeiras telhas.
Vista do encontro da água lateral com a frontal.
Vista do "pano" frontal