LAGUNA.

NÃO VERÁS LUGAR COMO ESTE.
AMA DE VERDADE
A TERRA EM QUE NASCESTE

domingo, 26 de maio de 2013

SOS GRAVATÁ

É com imensa esperança que publico esta maréria sobre o esforço do Vereador Eduardo (Dudu) Carneiro para salvar um recanto paradisíaco de Laguna da fome do especulador imobiliário, hoje no foco da construção de um condomínio de luxo, ou seja, a ocupação da área, em benefício de alguns poderosos com dinheiro em caixa para usufruir com exclusividade desse paraíso de todos.

É assim:
Dizemos que isso é progresso, desenvolvimento.
Para quem? Quem lucrará com isso? Quem poderá usar? A quem interessa o projeto?
A paisagem se desfigura.
Vêm os postes, os fios, as muralhas e os muros.
As estradas, os carros.
O lixo,, o esgoto.
Os prédios e depois outros prédios e... mais muros.
Depois,adeus ao GRAVATÁ!

Gravatá é um recando ainda intocado com costões, praias e morros ao sul  dos molhes da barra em Laguna, Brasil.
GRAVATÁ - ao sul dos molhes da barra. - foto da publicação de Eduardo Carneiro via Facebook em 26/05/2013

Escreve Dudu Carneiro na Net:

“Já iniciamos as conversações sobre o Morro do Gravatá. Na última semana, estive reunido com ambientalistas para a criação do “Parque Natural Municipal do Gravatá”.
Estamos elaborando o texto para transformar em lei a criação do parque, que tem como objetivo não permitir a construção de condomínios na área.
Vou informando sobre o andamento deste projeto.

O Morro do Gravatá já esteve outras vezes ameaçado....

Em 2010, o Governo Municipal encaminhou o projeto de lei para alterar a lei orgânica no artigo 129.

Com a seguinte redação:
“Constituem áreas de especial interesse ambiental do município...”

O fato criava uma brecha na lei, onde viabiliza a construção de um empreendimento imobiliário, independentemente do plano diretor.

Conseguimos bloquear o projeto. Agora precisamos do apoio de todos que concordam em preservar aquele paraíso natural.


Publicação: márcio josé rodrigues