LAGUNA.

NÃO VERÁS LUGAR COMO ESTE.
AMA DE VERDADE
A TERRA EM QUE NASCESTE

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

COMPANHEIROS DE JORNADA

"Lasciate ogne speranza voi ch'entrate" - Dante Alighieri ( O Inferno)


Às pessoas a quem amo e amo porque as conheço, peço que me perdoem por este texto desagradável, mas tenho certeza que, quando olharem para trás só verão coisas boas. Mas não sei se muitos dos nossos homens e mulheres do poder, terão coragem de fazer isso sem tremerem de medo e angústia.            

                                              por Márcio José Rodrigues
            
 O tempo passou em minha porta.
            Não cumprimentou nem sorriu, nem tampouco deixou transparecer qualquer tipo de expressão na face petrificada.
            Sem sequer pedir permissão, arrastou-me,  agarrando-me  tão fortemente pelo punho, que nem pude reagir.
            Implorei que me deixasse.
            Ele respondeu com a voz  mais fria que eu já ouvira, sem nenhuma modulação de qualquer sentimento:
            - Não podes permanecer nos lugares  por onde passas!
            - Como não? - respondi incrédulo. Estamos agora mesmo em minha casa!
            - A casa de que falas ficou no passado. O vento que entrou pelas janelas mudou a posição das cortinas, o pó se deposita sobre os móveis, as pessoas estão mais velhas; algumas já se foram para sempre, assim como teu canário e teu cachorro.
            - Mas, este rio em que sempre me banhei, está bem aqui. Ainda o conheço. Ainda é o mesmo...
            - Não te enganes. Um rio é sempre outro rio a cada instante!
As águas em que te banhaste já foram para o mar. 
Estas que vês, são novas águas de um novo rio.
           
- Misericórdia! - roguei.
 Dá-me uma oportunidade de abraçar meu irmão, dizer algo que tenho travado aqui dentro do peito para aquele amigo que magoei, ter de novo um só beijo de minha mãe...
            - Não tenho esta permissão!
            - Mas, isso é muito cruel!
            - Não há crueldade! - apenas cumpro minha destinação. 
Posso, porém revelar-te um segredo:
            - Será permitido que olhes para trás e assim possas ver o que fizeste e o que deixaste. 
Também terás dois companheiros de jornada. 
Eles estarão sempre ao teu lado e te acompanharão como a tua sombra. Aparecerão quando menos esperares, mesmo que não os tenhas invocado.
            - Posso saber quem são?
            - Eles são o remorso e a saudade!